Não estude na Ambra – Motivo 8 – Os cursos da Ambra não possuem recuperação de nota

A recuperação de notas está ausente nos cursos da Ambra University. Essa é outra característica típica de instituições brasileiras que acabam por deixar os alunos acostumados com a possibilidade de recuperar a nota e ser aprovado no final do período.

avaliação na Ambra é sistemática e continua sendo realizada com o suporte e acompanhamento constante de professores doutores ou mestres em etapas.

O objetivo é sempre ajudar o aluno a recuperar o conteúdo trabalhado e não a nota. A recuperação de nota objetiva a aprovação do aluno e a recuperação de conteúdo visa garantir que o aluno realmente aprendeu tudo que deveria ter aprendido.

A maioria das avaliações permite uma segunda realização da mesma atividade para que o conteúdo que não foi compreendido seja realmente internalizado pelo aluno.

Esse estilo de recuperação de conteúdo é complementarmente diferente da recuperação de nota. O aluno possui a oportunidade logo após realizar a atividade e não ao final do período letivo. A estrutura básica é a seguinte:

  1. aluno realiza a avaliação;
  2. aluno revisa o tema e estuda o conteúdo que teve dificuldade; e
  3. aluno refaz a atividade com o mesmo conteúdo.

Esses passos básicos estão presentes na maioria das avaliações. Segue estrutura de um trabalho acadêmico aplicado na Ambra University:

  1. professor divulga o que é esperado no trabalho;
  2. aluno realiza o trabalho e entrega ao professor dentro do prazo;
  3. professor comenta o trabalho do aluno e atribui uma nota;
  4. aluno observa os comentários e estuda os pontos falhos;
  5. aluno entrega uma nova versão melhorada do trabalho; e
  6. professor realiza a correção final da atividade e atribui uma nova nota ao novo trabalho.

Os seis passos mostram que o aluno teve a oportunidade de aprender o que errou quando fez a primeira versão do trabalho. Ademais, o professor faz um comentário que ajuda o aluno a entender o que precisa melhorar.

Essa estrutura é comum a vários trabalhos na Ambra University seguindo a ideia da avaliação que ensina e não apenas classifica os estudantes.

Vale ressaltar que a assistência dos professores é feita individualmente para cada aluno. Não sendo padrão o uso de avaliações objetivas ou comentários genéricos em debates, esses últimos praticamente não existem.

As avaliações objetivas representam menos de 5% do total de avaliações nos cursos de graduação da Ambra. Em mestrados da Ambra, não existem avaliações objetivas de marcar alternativas.

A avaliação formativa ensina avaliando e recupera o conteúdo a cada atividade com prazos intermediários durante o período letivo e não a nota ao final do curso. Fato é que essa característica elimina qualquer chance de procrastinação por parte do aluno que nada fez ao longo do período ser aprovado em prova final ou de recuperação.

Previous articleTipo de aluno não regular em mestrados: aluno especial e aluno ouvinte
Next articleMestrado em Portugal
Educador por paixão. Alfredo Freitas é diretor de educação e tecnologia na Ambra.