Palestra “Solução de conflitos coletivos”

O “Mês da Solução de Conflitos da Ambra” teve a “Solução de conflitos coletivos” como a sua segunda palestra, contando com as palestrantes Carla Zir Delgado e Camila Leal e a mediadora Luciana Severo.

Camila Leal abre o evento abordando os conflitos trabalhistas que são sujeitos ao primeiro grau de jurisdição, com foco em solução consensual.

Ela explica que hoje há a resolução 174 que, apesar de toda a tensão e discussão, estabelece o cabimento da mediação para os conflitos trabalhista e que apesar da mediação ainda não ser muito utilizada nesses casos, o caminho está sendo percorrido.

“Nós estamos caminhando através dos CESJUSC’s, através da formação de vários magistrados e servidores com a qualificação necessária para aplicar esses métodos e não apenas para dizer que na justiça do trabalho se faz mediação através de ‘tem acordo ou não tem acordo?’, não é isso, é muito além disso.”

Camila Leal é juíza do trabalho do TRT da 1ª Região, mediadora judicial e integrante do NUPEMEC/RJ. É ainda especialista em Direito e Processo do Trabalho pela UERJ, em Neurociência e Comportamento pela PUC/RS e mestranda em Solução de Conflitos na Ambra University.

Carla Delgado levanta o tema dos conflitos coletivos que envolvem a ocupação de terras públicas e/ou privadas. Ela fala sobre como os casos são tratados, como a mediação se encaixa, e por fim, como os mediadores são preparados.

“Nas mediações complexas, é impossível partir para uma mediação sem um estudo bem aprofundado da situação em si. Do que se trata, qual a linguagem a ser utilizada e o planejamento dessa mediação, ou seja, a gente faz um mapeamento do conflito, após isso, se faz um design da mediação ou o planejamento da mediação.”, explica Carla Delgado.

Ela ainda finaliza dizendo que não é possível não estudar o assunto em um caso de mediação coletiva e que a experiência faz toda a diferença. “Quando a gente chega a ser mediador coletivo, a gente já tem muita experiência como mediador cível e familiar, então a gente já ‘virou a chave’, onde a gente realmente não se parcializa mais.”

Carla Zir Delgado é mediadora judicial e privada, sócia da Acrópole Câmara Privada de Mediação e Conciliação Instrutora em Mediação Cível e Família pelo Tribunal de Justiça do RS e Ajuris – Escola Superior de Magistratura Instrutora de Mediação Empresarial e na área da Saúde – TJRS Mediadora certificada em Conflitos Coletivos envolvendo Políticas Públicas. Supervisora de mediadores no TJRS e Ajuris Instrutora para Prepostos em Mediação Judicial e Conciliação.

A mediadora Luciana Severo é mediadora judicial e privada, sócia da Acrópole Câmara Privada de Mediação e Conciliação e designer de conflitos. Exerce também a função de mediadora do Conselho Regional de Psicologia/RS, supervisora de Mediação/ CEBRAMAR – Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem e é mestranda em Solução de Conflitos na Ambra University.

Outros eventos da Ambra University aqui.

Previous articleAmbra realiza palestra “Solução de conflitos e meio ambiente”