Disciplina: Auditoria, controladoria e planejamento estratégico

Disciplina

Auditoria, controladoria e planejamento estratégico, é uma disciplina ofertada em nível de mestrado na Ambra e ministrada pelo professor doutor Dalton Tria Cusciano. Confira um pouco sobre esta matéria ofertada no segundo semestre de 2022 para 18 mestrandos.

O professor Dalton Cusciano explica que a disciplina busca entender “Quais são as missões, os objetivos estratégicos, o que é o planejamento estratégico, o que são controles internos, o que é auditoria, o que é controle externo, onde a governança corporativa entra nessa história. E afinal, será que a governança corporativa importa, ela vale para a empresa ter, ou é somente um nome?”.

Em “Auditoria, controladoria e planejamento estratégico”, além da teoria dos pontos citados acima, há também a prática. Por isso, são abordados além do conceito, a prática de como implementar uma controladoria e uma auditoria, por exemplo.  

“Com essa implementação [o objetivo é] mostrar para os alunos que isso sim gera benefício, seja a curto, a médio ou a longo prazo. Não é simplesmente um custo por si só”, explica o professor.

Conheça o conteúdo da disciplina

Como em todas as disciplinas dos mestrados da Ambra, esta disciplina conta com encontros ao vivo, aulas gravadas, leituras diversas e outros materiais de apoio. Aqui, todo o conteúdo é separado em sete unidades. Confira um pouco do que é abordado em cada uma delas:

  • Planejamento Estratégico: Conceituação do Planejamento. Princípios do Planejamento. Teorias do Planejamento. Tipos de Planejamento. Instituições como Sistemas. Administração Estratégica.
  • Missões, Objetivos e Estratégias: Missões das Instituições. Propósitos. Cenários. Postura Estratégica. Objetivos. Desafios. Estratégias. Tipos de Estratégia. Interações entre política empresarial e estratégia empresarial
  • Controladoria: O que é Controladoria? Ela pode ser estratégica? O que é o Controller? Evolução e Estruturação da Controladoria. Funções da Controladoria. Accountability. Controladoria e Gestão de Riscos. Riscos.
  • Controles Internos: Conceitos. Princípios. Resolução n. 2.554/1998 do Conselho Monetário Nacional (CMN). Lavagem de Dinheiro. Procedimentos de Controle. Lei Sarbanes-Oxley. COSO. COBIT. Princípios de Controles Internos do Comitê da Basileia. Cultura Organizacional.
  • Governança Corporativa & Disclosure: Governança Corporativa. Histórico. Cartilha da CVM. Modelos de Governança. Princípios da Governança. A governança e a geração de valor. Disclosure. Relação entre disclosure e governança corporativa.
  • Controles Externos: Conceito. Histórico. Princípios. Tribunais de Contas. Ministério Público. Cidadão. KYE (Know Your Employee). KYC (Know Your Customer). KYP (Know Your Partner). PEP (Pessoas Politicamente Expostas). Controle da Administração Pública.
  • Auditoria: Aspectos Introdutórios. Conceito e Objetivos. Princípios. Papéis e Funções. Controle de Qualidade. Fraude e Erro. Planejamento. Tipos de Procedimentos. Amostragem.

Forma de avaliação

Cada mestrando desenvolve um trabalho dissertativo, acompanhado de uma apresentação oral realizada para o professor e para a turma.

Este trabalho dissertativo deve envolver a análise de casos reais ou hipotéticos nacionais e internacionais, fraudes, atos de corrupção, falhas de auditoria e/ou de controle, erros procedimentais, dentre outros.

O trabalho escrito possibilita dois envios, desde que feitos dentro do prazo. No primeiro envio, o professor faz a correção intermediária da avaliação e aponta o que deve ser melhorado/ajustado para a entrega da versão revisada (versão final).

Além disso, a apresentação oral precisa focar nos erros cometidos, nas ações que poderiam ter sido tomadas para evitá-los e no aprendizado gerado. A apresentação oral é o momento em que o mestrando partilha com os seus colegas e professor o conhecimento adquirido no desenvolvimento do artigo. É a oportunidade de socializar/disseminar o conhecimento! É uma troca imensa de aprendizado e conteúdo! 

Na metade do curso, os mestrandos submetem os temas a serem tratados no trabalho para concordância prévia do docente. 

O trabalho escrito vale 70% e a apresentação oral, 30% da nota final. 

No geral, o processo funciona da seguinte forma:

  1. Mestrando(a) apresenta proposta de tema para aplicar o que foi estudado;
  2. O professor comenta, orienta e aprova ou solicita ajustes para cada mestrando até que cada um tenha seu tema definido e aprovado;
  3. Cada mestrando(a) produz seu trabalho e entrega para o professor; 
  4. O professor Dalton comenta e faz a avaliação detalhada e individual de cada trabalho entregue;
  5. Cada mestrando(a) realiza uma apresentação oral do seu trabalho para a turma;
  6. Após a apresentação oral, o professor e os demais mestrandos discutem o trabalho apresentado fazendo perguntas, sugestões e debatendo o assunto;
  7. Cada mestrando(a) realiza a revisão do seu texto escrito melhorando-o em função dos comentários escritos pelo professor e do debate na apresentação oral. Feita a revisão, o texto final é apresentado para nova avaliação do professor; 
  8. O professor Dalton realiza novos comentários e nova correção do trabalho final que foi revisado e ajustado por cada mestrando(a).

Os critérios de avaliação são:

  • Pertinência do caso escolhido;
  • Correta análise com base nos diversos conceitos estudados no curso;
  • Coerência e Coesão;
  • Qualidade da redação e organização do texto (clareza, concisão, objetividade, estrutura formal, uso correto da língua portuguesa);
  • Dinâmica da apresentação oral.

Conheça o professor Dalton Tria Cusciano

  • Corregedor da FUNDACENTRO;
  • PhD em Direito e Tecnologia pelo Mediterrânea International Centre for Human Rights Research (MICHR-Italy);
  • Doutor em Administração Pública e Governo (FGV-SP);
  • Mestre em Direito e Desenvolvimento (FGV-SP);
  • Bacharel em Direito (FGV-SP).

O que os mestrandos acham da disciplina


As aulas são um estímulo à busca constante do aperfeiçoamento do pensamento e a responsabilização de seu papel para o desenvolvimento da sociedade.”

Martiniano Gouvêa Lewer

“Tive o prazer de finalizar a disciplina de Auditoria, Controladoria e Planejamento Estratégico com o professor Dalton Cusciano. Foi um trimestre repleto de conhecimentos com aulas esclarecedoras e debates de temas jurídicos complexos e atuais, principalmente no que tange aos planejamentos e tipos de controles que devem ser inseridos nas empresas. Ampliei muito meus conhecimentos, pois mesmo ciente que o mercado competitivo, globalizado e pós pandêmico não permite maximizar prejuízos, a prevenção, o controle e as estratégias nunca foram tão essenciais no mundo empresarial como agora! Em êxtase com volume e a importância dos ensinamentos transmitidos, bem como a seriedade desta instituição. #souambra”

Aline Cristina Silva Landim


“A disciplina é um incentivo à reflexão para desenvolver melhores controles nas corporações e instituições públicas e privadas. Traz novas oportunidades de minimizar riscos.”

Alex Cavalcante dos Santos

Confira também a disciplina “Law and economics”.

Previous articleDisciplina: Direito e Economia (Law and Economics)